PATRIMÔNIO IMATERIAL Mestres da Paraíba estrelam websérie sobre a arte de fazer bonecos

�Construtores do Babau� mostra as técnicas e a riqueza do universo do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste.

14/09/2021 19:03

 este mês de setembro, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lança a websérie “Construtores do Babau”, com episódios todas as quartas-feiras, no canal do Iphan no Youtube. O primeiro vídeo vai ao ar no próximo dia 15, às 17h.

A série traz cinco vídeo-oficinas com mestres paraibanos ensinando a confeccionar os bonecos que dão vida às histórias do Babau. Também inclui um vídeo especial com apresentação da brincadeira. A ação é promovida por meio de parceria entre a superintendência da Paraíba e a Companhia Boca de Cena, entidade cultural focada na pesquisa, documentação e difusão da arte bonequeira.

A websérie “Construtores do Babau” permite conhecer o saber, a técnica, o dia-a-dia dos mestres e a relação com as matérias-primas, ferramentas e com os bonecos, assim como sentir a magia do momento em que os personagens ganham vida.

Em cada episódio, os mestres apresentam seus universos, contam sua trajetória na arte do babau, resgatam histórias de vida e revelam aspectos de sua personalidade.

“O trabalho resulta de uma etapa das ações de salvaguarda do Babau da Paraíba, voltada para a transmissão de saberes e valorização dos mestres bonequeiros do nosso estado”, ressalta o superintendente do Iphan na Paraíba, Hyago Celane. “É um projeto muito rico que envolveu os brincantes, a gestão pública e a sociedade civil, feito de modo conjunto entre a equipe técnica do Iphan e a entidade parceira”, acrescenta.

“Por serem realizadas em formato virtual, as oficinas podem ser vistas por um público maior. Assim, mais gente pode conhecer o fazer do boneco de babau, com suas diferenças e formas que variam de acordo com o processo de cada bonequeiro”, destaca a diretora de produção e pesquisa da Companhia Boca de Cena, Amanda Viana.

O início

As vídeo-oficinas são resultado das ações de salvaguarda do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste, que, no estado da Paraíba, é conhecido como Babau. Iniciado em 2019, o projeto envolve apresentações públicas, encontros com mestres bonequeiros e capacitação de agentes culturais, líderes comunitários e gestores públicos. O objetivo é dar visibilidade e fortalecer a manifestação cultural.

Voltada para a comunidade, a iniciativa também previa a realização de oficinas presenciais de confecção e manipulação dos babaus. Com o início da pandemia, a proposta precisou ser adaptada. As oficinas foram feitas em formato de vídeo para garantir a saúde dos envolvidos.

O roteiro dos vídeos foi elaborado em conjunto pelos técnicos do Iphan na Paraíba e pelos integrantes da Companhia Boca de Cena, seguindo os protocolos de segurança que o momento de pandemia exige.

A Companhia Boca de Cena busca investigar, produzir e fomentar conhecimentos específicos sobre o Teatro de Bonecos Popular do Nordeste no Brasil. Nos últimos 21 anos, tem se empenhado na pesquisa, documentação e fomento dessa linguagem artística no estado da Paraíba. A entidade procura trabalhar com a essência da popularidade nordestina, aliada à poesia e às novas tecnologias. Busca, ainda, apresentar ao público a diversidade cultural do teatro de animação, ajudando a fortalecer essa arte para as futuras gerações.

Teatro de Bonecos Popular do Nordeste

Registrado como Patrimônio Cultural do Brasil desde 2015, o Teatro de Bonecos Popular do Nordeste é manifestação tradicional nos estados da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, assim como no Distrito Federal. Em cada lugar, recebe um nome: Babau, Mamulengo, João Redondo, Casimiro Coco.

A arte bonequeira envolve, sobretudo, conhecimento criativo, artístico e uma forte carga de representação teatral. Os mestres bonequeiros contam histórias e apresentam a cultura nordestina por meio dos enredos, música, linguagens, cores e muita alegria. É uma tradição repassada de mestre para discípulo, de pai para filho, de geração para geração.

Mais informações para a imprensaAssessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.brLetícia Maciel - leticia.vale@iphan.gov.br(61) 2024-5512

www.iphan.gov.brwww.facebook.com/IphanGovBr  |  www.twitter.com/IphanGovBrwww.youtube.com/IphanGovBr

 
 

 

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

31902

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now