ENSINO SUPERIOR Lei de criação da universidade pública do Distrito Federal é sancionada.(crédito: Marcelo Ferreira/CB/

Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

28/07/2021 17:37

 

 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O governador Ibaneis Rocha (MDB) sancionou, nesta quarta-feira (28/7), o projeto de lei que autoriza a criação da Universidade Pública do Distrito Federal Jorge Amaury (UnDF). A proposta que estava parada há anos por impasses administrativos sairá do papel com a instalação do primeiro campus no CA do Lago Norte, em um prédio de 3 mil metros quadrados cedido pela Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap). 

"A criação da UnDF estava prevista desde a Lei Orgânica, são mais de 30 anos aguardando essa universidade. E nós temos a honra de sancionar o projeto e dar início aos trabalhos da universidade. Agora começam os trabalhos de estruturação. Em agosto devemos lançar o concurso público para a contratação dos professores e, a partir do ano que vem, esperamos começar as aulas nos cursos que estão estabelecidos", ressaltou Ibaneis Rocha após a solenidade de assinatura no Palácio do Buriti.

De acordo com o chefe do Executivo, a expectativa é de que em cinco anos a universidade distrital esteja em pleno funcionamento com várias unidades espalhadas nas regiões administrativas da capital. "Essa universidade vem com tudo, e a gente espera que daqui pra frente ela cresça em todo o Distrito Federal, ajudando principalmente as famílias das pessoas mais carentes", reforçou. 

Para garantir os recursos da implementação, Ibaneis Rocha encaminhou um projeto para a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) que destina uma porcentagem do orçamento do GDF para a universidade. A proposta destina um investimento de aproximadamente R$ 200 milhões pelos próximos quatro anos. Também foi definida que a estrutura da UnDF que contará com 3.500 cargos no quadro de funcionários. 

Além da sede no Lago Norte, a universidade distrital também será instalada dentro do complexo da Biotic. O prédio, cedido pela Terracap, precisará passar por reestruturação. Segundo o chefe do executivo, um projeto está sendo contratado pelo governo para readequar o espaço às necessidades de uma instituição de ensino superior. 

Projeto

Com a criação da Universidade Pública do Distrito Federal Jorge Amaury(UnDF), a Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal passa a ser extinta e seus funcionários integram a nova instituição de ensino superior. O espaço será destinado à educação de graduação, pós-graduação e doutorado, inclusive na modalidade a distância, além de desenvolver pesquisas nas diversas áreas do conhecimento e promover atividades de extensão universitária.

Entre os campos de atuação de ensino definido no projeto estão os seguintes cursos:

  • Ciências Humanas
  • Cidadania e Meio Ambiente
  • Gestão Governamental de Políticas Públicas e de Serviços
  • Educação e Magistério
  • Letras, Artes e Línguas Estrangeiras Modernas
  • Ciência da Natureza e Matemática
  • Educação Física e Esportes
  • Segurança Pública e Defesa Social
  • Engenharia e Áreas Tecnológicas de Setores Produtivos
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Ciência da Saúde

 

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

92331

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now