Detran divulga balan?o da Opera??o Carnaval.Por ?damo Araujo, da Ag?ncia Bras?lia.

20/02/2015 12:38

 

Em 4,6 mil abordagens executadas, 222 motoristas foram pegos sob efeito de álcool, quase 400 carros seguiram para os depósitos e houve 1,3 mil notificações

BRASÍLIA (18/2/2015) — O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) divulgou na manhã desta quarta-feira o balanço final da Operação Carnaval, batizada de “No carnaval, batida só a do samba”. O destaque foi o número de infrações relacionadas à Lei Seca. Em 4,6 mil abordagens, foram identificados e autuados 222 motoristas dirigindo sob o efeito de álcool.

Entre esses, nove apresentaram índices elevados de alcoolemia e tiveram de ser encaminhados para delegacias regionais. A liberação só ocorreu mediante o pagamento de fiança— com valores de R$ 800 a R$ 2,5 mil, além da multa de R$ 1.915 e da suspensão por 12 meses da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A Lei Seca enquadra os condutores com 0,34 mililitro de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

 Detran divulga balanço da Operação Carnaval

Foto: Tony Winston/Agência Brasília-17.2.2015

 

 

A operação começou em 6 de fevereiro e seguiu até a madrugada desta Quarta-Feira de Cinzas. Nesse tempo, em 35 ações executadas pelo Detran em 34 eventos festivos programados e com 350 agentes de trânsito, foram expedidas cerca de 1,3 mil notificações diversas.

 

As principais ocorrências incluíram condutores sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou sem a documentação do veículo; estacionamento irregular e manobras arriscadas. Houve remoção de 392 carros para os depósitos do departamento, sendo que três deles eram fruto de roubo.

 

“São números altos, mas vale ressaltar que a nossa campanha começou antes do carnaval e com aumento do efetivo, mas os condutores do DF passaram um pouco dos limites”, analisa o diretor-geral do Detran, Jayme Amorim. “Nosso objetivo não é autuar, mas, sim, preservar vidas.”

 

Para o próximo grande feriado — a Semana Santa —, Amorim avisa que a fiscalização seguirá ostensiva, com enfoque nas saídas do Distrito Federal: “Estaremos nas cidades limites com outros estados em busca de coibir as irregularidades”.Fonte:http://www.df.gov.br/

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

4371

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now