C?mara aprova regulamenta??o da profiss?o de fot?grafo. foto: Ivaldo Cavalcante

10/11/2011 13:05

 

15 de dezembro de 2010
A partir de agora quem atua no ramo da fotografia poderá ter garantias dos direitos trabalhistas, pois a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (8/12) projeto que regulamenta a profissão de fotógrafo. O Projeto de Lei número 5187/09, de autoria do Deputado Severiano Alves (PMDB-BA), define a profissão e determina quem estará qualificado para exercê-la e discrimina as atividades que se enquadram no campo de atuação do fotógrafo profissional. 

A relatora, deputada Manuela D'ávila (PCdoB-RS), foi favorável à proposta. "O exercício da atividade deve ser regulamentado, reconhecido, portanto, pelo Estado, que deve impor condições para o exercício profissional do fotógrafo", disse. A deputada apresentou emenda ao projeto, para assegurar aos fotógrafos empregados o pagamento de adicional de insalubridade. "A atividade é exercida em contato com elementos insalubres, que podem vir a prejudicar a saúde do trabalhador", argumentou.

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT - Decreto-Lei 5.253/43) prevê pagamento de adicional de 40%, 20% ou 10% do salário mínimo da região, conforme classificação do Ministério do Trabalho em graus máximo, médio e mínimo de condições insalubres de trabalho. Segundo o projeto, a atividade de fotógrafo profissional é caracterizada pelo registro, processamento e acabamento final de imagens estáticas ou dinâmicas em material fotossensível.

Poderão ser fotógrafos profissionais os diplomados por escolas de nível superior em fotografia no Brasil, desde que devidamente reconhecida; ou no exterior, desde que os diplomas sejam revalidados no Brasil, na forma da legislação vigente. Os fotógrafos sem diploma que, à data da promulgação da nova lei, estiverem exercendo a profissão por, no mínimo, dois anos consecutivos ou quatro anos intercalados, também poderão ter reconhecida sua condição de fotógrafos profissionais, mediante comprovação de sua atividade.
Fonte: Agência Câmara

fonte:http://www.arfoc-sp.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1095&Itemid=70

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

22922

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now