Dudu Maia e Duo Alvenaria lançam EP com 3 faixas inéditas, na próxima sexta-feira.

09/06/2020 20:11

  

Dudu Maia e Duo Alvenaria lançam o EP Gibão de LED na próxima sexta-feira

Parceria promete um som sincero, explosivo e emocionante, com embalo autêntico e alto astral

 

Fruto de uma boa amizade, o EP Gibão de LED  é o primeiro registro fonográfico da parceria entre Dudu Maia, bandolinista e produtor musical indicado ao Grammy 2018, e o Duo Alvenaria, formado pelo compositor e multi-instrumentista Ely Janoville, e pelo percussionista Mariano Toniatti. O projeto será lançado na sexta-feira (12/06),  às 20 horas, nas principais plataformas digitais.

 

Dudu Maia, que gravou, produziu e dirigiu o EP, no Estúdio Casa do Som, afirma que antes de mais nada, o projeto é sobre compartilhar a celebração de ideias de uma música “sincera, explosiva e emocionante”, que vem de dentro. “É a simbiose do processo criativo de nós três, que construímos esse trabalho espontaneamente em manhãs ensolaradas, num ambiente totalmente influenciado pela Natureza, o que permitiu pensarmos de um jeito fluido e fora da caixa, experimentando  instrumentações inusitadas que tomam caminhos musicais novos e surpreendem quem já conhece o trabalho anterior de cada integrante”,avaliou.

O EP será composto por três faixas: a primeira, que leva o nome desta produção, tem  caráter tanto tradicional quanto migratório e cosmopolita Gibão: Casaca de couro do sertão nordestino, vestida para atravessar a mata fechada. LED: luz formada por pequenas lâmpadas que se combinam e recombinam gerando mosaicos coloridos e cintilantes. Já a faixa “Córrego do Urubu” tem um forte apelo à relação entre Natureza e Cidade. E para finalizar com chave de ouro, “Me fale em Jangada”, conta com a participação da multi-instrumentista e compositora Maísa Arantes, trazendo ares encantadores e flutuantes, após uma excursão sonora etérea e ritmada.


Para Ely, o EP surge como a “cristalização de um desejo antigo de fazer música para registrar a atmosfera calorosa que é esse encontro”. Eles se conheceram no momento em que o Duo Alvenaria estava produzindo seu primeiro disco “Assentando o Reboco”, feito na Casa do Som, que coincide com o momento em que Dudu Maia estava, junto ao Trio Brasileiro e Anat Cohen, concorrendo ao Grammy 2018 (Categoria World Music, com o disco Rosa dos Ventos) enquanto compositor, instrumentista e produtor musical.

O som vem de fortes influências da música regional brasileira, majoritariamente Nordestina (com elementos do Forró, do Choro, de Cocos, Sambas e seus respectivos universos), linguagens musicais que dialogam com um contexto universal: ritmos do Mundo, sonoridades eletroacústicas, bases eletrônicas, cadências e paisagens, alternando balanço, psicodélica e contemplação, em uma música livre que funde o imaginário tradicional com o contemporâneo, reverenciando de forma afetuosa o que é Atemporal.

 

Segundo Mariano, é nessas dualidades que cada música aparece como um convite para transcender tempo e espaço em um embalo autêntico e alto-astral. “É a busca por uma comunhão de frequências amorosas, dançantes, meditativas e revigorantes, na intenção de vislumbrarmos adiante, na união, em nome do poder e do alento presentes na arte feita com o coração”, explica o percussionista. 


A capa é de Isabella Pina (Pina Colada), artista cujo trabalho sempre foi muito admirado pelos músicos e cuja sensibilidade veio em ótima hora, justamente com uma colagem, o que diz muito sobre este som.

 

 

 

Abraço;

 

 

 

--

Michelle Souza

Ela Fala Dos Bastidores

Assessora de Imprensa/Blogueira e Jornalista

(61) 99387-1010

@elafaladosbastidores - Instagram

www.elafaladosbastidores.blogspot.com.br

 

https://www.facebook.com/elafaladosbastidores/

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

7680

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now