Workshop com Andr? Liohn.de .14 de abril - 18 de abril. LIMITE: 20 vagas VALOR: R$550,00 CONTATO: fernanda.filme@gmail.com

24/03/2014 09:58

 Um menino de 11 anos membro de um grupo armado no estado de Sao Paulo Brasil, praticando tiro - Foto parte do projeto sobre violencia juvenil no Brasil. Copyright: André Liohn

Seja qual for o contexto, nossas experiências pessoais criam histórias reais de vida. Durante a oficina o participante será encorajado a buscar em sua própria historia a coerência necessária em sua abordagem e estilo fotográficos, questionando conceitos ortodoxos sobre o ato de fotografar.

Durante os 5 dias de trabalho, cada fotógrafo escolherá uma pauta que será discutida, desenvolvida e realizada. Reuniões diárias serão feitas todas as manhãs dando aos participantes a chance de trocar idéias e compartilhar seus planos e dificuldades com o instrutor e outros participantes. Durante estas reuniões, o instrutor irá debater com cada participante o desenvolvimento do projeto em curso.

No quinto e último dia, será apresentada uma seleção final de um número de fotografias editadas de cada participante.

CONTEÚDO
- O workshop sera realizado em ambiente informal.
- Introdução à fotografia como profissão.
- Como elaborar e desenvolver uma reportagem fotográfica.
- Entrevistas individuais e definição de projetos pessoais.
- Análise crítica do projeto em desenvolvimento.
- Leitura de portifolio de cada participante.

Material para o workshop

Máximo de 10 fotos de um trabalho já realizado publicado ou não que seja um indicativo de nível de cada participante.
Câmera fotográfica digital.
Computador para edição do trabalho com disco rígido externo para armazenamento do mesmo.

Sobre André Liohn

Nascido em Botucatu SP, mudou-se para Noruega onde iniciou carreira de foto jornalista cobrindo áreas de conflito em vários continentes.

Entre seus principais clientes estão as publicações Der Spiegel, Newsweek, The Guardian, Colors Magazine e organizações como Comité Internacional da Cruz Vermelha, Human Rights Watch e Médicos Sem Fronteiras.

Em 2012 criou o projeto ADIL que tem como objetivo usar a fotografia como ferramenta de estimulo a reconciliação entre o povo da Libia.

Entre outros premios, já venceu o Festival de Fotografia de Nova York, YIPPA, Enhancement of International Peace, Menção Honrosa no Premio Webby, Prix Bayeux-Calvados des Correspondants de Guerre e finalista no Premio Esso de jornalismo.

Em 2012 foi o primeiro Sul Americano a receber a Medalha de Ouro Robert Capa, com sua cobertura do conflito na Libya.

LIMITE: 20 vagas
VALOR: R$550,00
CONTATO: fernanda.filme@gmail.com

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

63928

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now