" O novo ponto de vista de um velho jovem." Por Chico Sim?es.Foto:Ivaldo Cavalcante

25/06/2013 19:28

 Alguns sujeitos e objetos desse importante momento histórico ou o novo ponto de vista de um velho jovem.

 
povo, tem razão em sair às ruas para nós cobrar (O PT saiu de mim mas sou co-responsável pelo caminho até aqui percorrido) o prometido durante 30 anos de partido e 10 de poder. Esse povo "quer o que não sabe" como disse Gil ou "aprofundar as mudanças" como disse Dilma. Manifestantes jovens e cheios de energia, com consciência de seus direitos, ativistas, nas ruas reunidos, protestando com razão e direito, sem bandeiras nem lideranças viram massa sujeita a manobras das mais astutas, hora dos anarquistas, ora dos skinheads neonazistas, ora da classe dominante e os grandes capitalistas do sistema que temem que a América Latina, liderada pelo Brasil, se liberte do domínio capitalista norte-americano. 
 

 

Anarquistas  são guardiões da liberdade, não ocupam espaços sociais de poder, são importantes críticos mas para desconstruir usam também a violência (segundo eles, como legítima defesa), deixando o espaço vazio, esse vazio que as vezes apavora, também desafia, nos convidando a aprofundar a luta por uma vida melhor, sem patrões, nem governos. A contradição desse tipo de anarquismo é o uso da violência para por fim a ela mesmo... A utopia que se move como um horizonte que sempre esta mais a frente. 
 
Skinheads neonazistasdesejam uma ditadura dos que eles consideram mais fortes contra os que eles consideram mais fracos, são militantes aguerridos, nas manifestações agem sempre com violência, como provocadores de tumulto, são bem treinados e organizados, buscam abrir espaço para líderes ditadores. 
 
Sistema quando sente que as economias europeias e norte-americanas estão ameaçadas aciona seu poder perverso que inclui desde a guerra aberta contra países que desafiam seus interesses, passando pela compra de mídias e jornalistas para fabricar versões e visões de mundo chegando até a manipulação de um novo exército internauta "viral" e "espontâneo". Esse "sistema"  promove as falsas "primaveras" árabes ou latinas promovendo manifestações "espontâneas" que insufladas por enfrentamentos com o governo, abrem caminho para ação "revolucionária" armada com o objetivo de derrubar o governo e através do controle desses grupos "revolucionários" tomar o poder e dragar recursos econômicos desses países "em convulsão" salvando assim a economia do "primeiro mundo". 
 
Governos Populares, como os de Lula e Dilma, carregam em si a contradição pela própria natureza de ser governo do capitalismo.  Avançam com políticas sociais, sem deixar de atender as necessidades do "sistema" cada vez mais em crise, cada vez mais voraz. No fim das contas esses governos enquanto avançam criando espaços de inclusão sócio política aos setores historicamente marginalizados também servem aos interesses da complexa rede política da classe dominante, dona do capital, da opinião publicada na mídia e consequentemente de grande parte dos votos dos dominados. 
 
Batman - Herói mascarado de toga preta, moralista representante da classe dominante faz justiça com as próprias mãos interpretando a lei de acordo com suas convicções, traumas de infância e preferências pessoais. No poder seria um ditador com apoio dos conservadores. 
 
Anonymus - A máscara mais revela que oculta... mesmo caso do Batmam e outros heróis justiceiros... A vingança não faz justiça, pelo contrário, avilta o direito. 
 
Penso que romper (pessoal e/ou coletivamente) com esse círculo viciado e vicioso agindo na permacultura local sem perder a visão globalizada  para se conectar aos "pariceiros" de todo mundo é um desafio cheio de manifestações cotidianas que reclamam de nós um ativismo permanente na construção de um "outro mundo possível"  que começa dentro de nós, ocupa nossa casa, trabalho, vizinhança, amigos, redes, ruas, cidades, nações... 
 
A luta é contínua!
 
Pela diversidade político/cultural/religiosa e contra as monoculturas!
 
Somos a pré história da humanidade! 
 
Chico Simões

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

61856

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now