Fundo de Apoio à Cultura tem 442 projetos aprovados.Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Resultado preliminar foi divulgado pela secretaria nesta terça (30). Investimento referente a editais de 2016 é de R$ 35,4 milhões

31/05/2017 09:14

 DA AGÊNCIA BRASÍLIA, COM INFORMAÇÕES DA SECRETARIA DE CULTURA

Dos 1.817 projetos inscritos nos quatro editais do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), foram aprovados 442. De acordo com a Secretaria de Cultura, as propostas referentes à seleção de 2016 totalizam investimento de R$ 35,4 milhões.

Os selecionados têm dez dias após publicação do resultado preliminar no Diário Oficial do Distrito Federal — prevista para segunda-feira (5) — para entrar com recursos. Após essa etapa, o resultado final será homologado.

"Este bloco amplia acesso de artistas aos mecanismos de fomento, bem como descentraliza os recursos para fortalecer a cultura nas várias regiões administrativas do DF"Guilherme Reis, secretário de Cultura

Pela primeira vez, o fundo contempla projetos regionalizados e transversais, que dialogam com outras áreas, como ações em unidades educacionais e no sistema socioeducativo.

“Este bloco amplia acesso de artistas aos mecanismos de fomento, bem como descentraliza os recursos para fortalecer a cultura nas várias regiões administrativas do DF”, reconhece o secretário de Cultura, Guilherme Reis.

Os primeiros resultados de mérito foram dos editais FAC Manutenção de Grupos e Espaços e FAC Ocupação, divulgados em abril. Eles selecionaram 18 e 94 projetos, respectivamente, com um total de R$ 9.057.596,68 de incentivo.

O resultado desse bloco de editais se completa com a divulgação dos 89 projetos do FAC Regionalizado, para o qual serão investidos R$ 6,4 milhões, e dos 241 do tradicional FAC Áreas Culturais, com previsão de R$ 20 milhões para execução em 12 categorias: artesanato; artes plásticas, visuais e fotografia; cultura popular e manifestações tradicionais; dança; design e moda; literatura, livros e leitura; manifestações circenses; música; ópera e musical; patrimônio histórico e artístico material e imaterial; radiodifusão; e teatro.

As propostas foram avaliadas por um grupo de profissionais aptos a emitir pareceres técnicos e de mérito cultural, selecionados por meio de edital de credenciamento.

Os pareceristas reuniram-se ao longo das últimas duas semanas para se debruçar sobre os projetos, separados por linhas de atuação. Eles também fizeram análise técnica da planilha orçamentária.

De acordo com a Subsecretaria de Fomento e Incentivo Cultural, foram mobilizados 230 novos entes e agentes culturais para atendimento presencial e para 839 por e-mail. A pasta também analisou 1,5 mil pedidos de renovação e credenciamento no cadastro de ente e agente cultural (Ceac).

Acesse os resultados de mérito cultural — FAC Áreas Culturais e FAC Regionalizado — e as listas de projetos contemplados — FAC Áreas Culturais e FAC Regionalizado.

Veja também o resultado de mérito cultural dos editais FAC Ocupação e FAC Manutenção de Grupos e Espaços.

Número de projetos aprovados do novo bloco de editais do FAC

Áreas Culturais: 241 projetos — R$ 19.991.332,15

Ocupação: 94 projetos — R$ 4.697.347,38

Regionalizado: 89 projetos — R$ 6.394.250,03

Manutenção de grupos e espaços: 18 projetos — R$ 4.360.249,3o

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

49936

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now