Espet?culo Mulheres Brincantes abre segunda temporada no SESC Gama.Foto:Nara Oliveira

13/08/2014 15:56

 Espetáculo Mulheres Brincantes abre segunda temporada

Com direção de José Regino, a montagem do grupo Casa Moringa busca reverenciar o papel da mulher nas tradições populares


É inquestionável a presença da mulher como agente mantenedora das tradições culturais brasileiras. Para revelar essa força ancestral da arte, seus mitos e rituais, o grupo Casa Moringa criou o espetáculo Mulheres Brincantes. Com direção teatral de José Regino, a montagem abre em agosto sua 2ª tempoarada, com apresentação nos teatros SESC do Gama, dia 19, e Ceilândia, no dia 26. Sempre às 20h, com entrada franca. 

A montagem é inspirada na tradição feminina de se contar histórias, dançar e cantar em roda. Reúne quatro histórias inspiradas na cultura popular, revelando como a mulher, mesmo num contexto patriarcal, tem o poder de se reiventar através da arte. A partir desses exemplos, busca reverenciar o papel da mulher, mãe, negra e de classe trabalhadora dentro das manifestações tradicionais. 

Para a concepção, a Casa Moringa foi investigar nas bases do teatro  popular e nos rituais de contação de histórias uma forma de trabalhar a música, a oralidade e a dança  como linguagens cênicas. Esses elementos são brincados em cena dialogando com tendências contemporâneas do teatro. A dramaturgia foi criada em processo colaborativo, com direção de José Regino, do histórico Celeiro das Antas. A trilha sonora é original, com direção musical de Daniel Carvalho.

O projeto conta com apoio do FAC-DF e, em setembro, estará em cartaz em teatros do Plano Piloto. 


Mulheres Brincantes

Entre ritos e brincadeiras, Mulheres Brincantes reúne quatro histórias inspiradas na trajetória de mulheres que superam os desafios da vida pelo fazer da arte. Essas meninas, mães e avós cantam, dançam, botam bonecos e contam histórias. A dramaturgia apresenta os bastidores das tradições, com o intuito de revelar o protagonismo, a fragilidade, a força e a resistência da mulher na cultura popular. Inquietações femininas que são, no seu sentido mais profundo, inquietações humanas universais.  


Casa Moringa

Casa Moringa é a união de educadoras e artistas brincantes de Taguatinga. O grupo nasceu em 2011, fruto da convivência com as artes e ofícios das culturas populares. Desde então, firmou sua sede na comunidade do Mercado Sul. O principal objetivo é valorizar os conhecimentos populares, fortalecendo os elos entre tradição e conteporaneidade, a partir de uma abordagem criativa e colaborativa. - www.casamoringa.com.br 


SERVIÇO


Circulação Mulheres Brincantes – 2ª Temporada

19 de agosto (terça)
Local: Teatro Paulo Gracindo - SESC Gama
Endereço: Setor Leste Industrial, QI 1 - Gama
Horário: 20h

26 de agosto (terça)
Local: Teatro Newton Rossi - SESC Ceilândia
Endereço: QNN 27, Lote B - Ceilândia Norte 
Horário: 20h


Classificação indicativa: 12 anos
Entrada: Franca
Informações: 61 8110.7383
Sitewww.casamoringa.com.br

Assessoria de imprensa: 61 8575.8500 (Keyane Dias) 

 




-- 

Keyane Dias - Comunicação, Educação e Cultura
+55 61 8575-8500  
Pra quem caminha presente, não existe demora.

Estúdio Gunga -
 www.estudio.gunga.com.br
Espaço Cultural Mercado Sul - facebook.com/EspacoCulturalMercadoSul
Eu Livre . Educação e Saúde - www.eulivre.com.br  
Mamulengo Fuzuê - www.mamulengofuzue.com.br
Rede Mocambos - www.mocambos.net 

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

83009

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now