SiteJornalOlhodeAguia
Noticias
08/10/2018 11:07
Rodas Ancestrais estreia em Samambaia.Foto.Davi Mello
Projeto promove a integração entre três tradições culturais brasileiras, abrindo diálogos sobre educação, história, arte e ancestralidade

 


A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco e área interna


A integração entre Capoeira, Mamulengo e Samba de Roda, permeada pela contação de histórias e pela Pedagogia Griô, dá vida ao projeto Rodas Ancestrais. Até 2019, a iniciativa irá realizar oito edições em escolas e espaços públicos de Samambaia, com rodas de prosa e apresentações culturais recheadas de música, poesia, teatro popular e corporeidade. A estreia está marcada para o dia 13 de outubro, na Escola Classe 407 de Samambaia Norte, às 16h, onde será realizada a “1ª Grande Roda”.

O projeto Rodas Ancestrais é realizado mensalmente. Cada edição, propõe dois momentos. No primeiro, é realizado um trabalho vivencial dentro das escolas públicas, com Rodas de Prosa fundamentadas nos princípios da Pedagogia Griô, onde os mestres de tradição oral são agentes fundamentais na relação entre educação e cultura. Tais rodas nos remetem à herança africana e à figura dos Griôs, homens e mulheres contadores de histórias antepassadas e presentes, que abrem rodas para celebrar com suas comunidades, fomentando e difundindo a cultura popular. 

O segundo momento de cada edição consiste na circulação aberta das “Grandes Rodas” por espaços públicos e também pelas escolas, promovendo apresentações culturais transdisciplinares com os grupos: Comunidade de Capoeira Formigueiro de Angola, Escola Cultural Capoeira Fio da Navalha, Mamulengo Presepada e Samba de Roda Cid Aroeira. A figura de Maria das Alembranças, brincante e griô aprendiz, é um elemento comum entre os dois momentos do projeto, contando histórias e possibilitando a sistematização e a busca de diálogo entre o conhecimento oral e o ensino formal das escolas.


Patrimônio Cultural
Capoeira, Mamulengo e Samba de Roda são expressões reconhecidas como patrimônio cultural imaterial brasileiro. Elas, como tantas outras culturas tradicionais, encontram no Distrito Federal, e toda a diversidade brasileira que aqui habita, um terreno pulsante para a perpetuação da tradição. A linhagem do Mamulengo (Teatro de Bonecos Popular do Nordeste), que veio da Paraíba e Pernambuco, se reconhece na Capoeira e no Samba de Roda, vindos da Bahia. Todas as três se constituem pela tradição dos cantos, jogos de corpo e de versos. São linguagens que mexem com imaginário popular coletivo e possibilitam criar conexões de empatia entre o ensino formal, tradições orais, identidade e ancestralidade.


SERVIÇO
Rodas Ancestrais


13 de outubro, 16h
Área externa da Escola Classe 407
Samambaia Norte

11 de novembro, 16h
Área Externa da Escola Classe 111
Samambaia Sul

08 de dezembro, 16h
No gramado entre a QN 406/206
1ª Avenida Norte de Samambaia

Apresentações os grupos e brincantes:
Comunidade de Capoeira Formigueiro de Angola
Escola Cultural Capoeira Fio da Navalha
Mamulengo Presepada
Samba de Roda Cid Aroeira
Maria das Alembranças (contação de histórias)

Entrada: Franca
Classificação indicativa: Livre
Informações: 61 9.8132.7070
Redes Sociais: www.facebook.com/formigueirodeangola

 
 


-- 
Keyane Dias  

61 9.8575.8500 | 61 9.8366.0487
O barco que flui com o rio também tem remos.A imagem pode conter: 1 pessoa, sapatos

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Rua Augusta - Emicida


Joe Satriani - Always with me, always with you


Jeff Beck - A Day in A Life


 

 

 

Thalyta Ribeiro de Oliveira Incrível seus projetos, tanto de fotografia, quanto com a galeria e as produções audiovisuais. Apenas continue!!
Contador de Visitas
Hoje: 636
Desde 15/05/2011: 6.008.769
você é a favor do impeachment de Bolsonaro? Vote.
n
sim