SiteJornalOlhodeAguia
Not?cias
07/06/2011 12:37
JOS? MEDEIROS - o poeta da luz. - Sombra do fot?grafo Jos? Medeiros. Rio de Janeiro, 1946. Foto: Thomaz Farkas/IMS

Ritual de iniciação das filhas-de-santo em1951, na Bahia

Índio iaualapiti fotografado na Serra do Roncador, no Parque do Xingu, em 1949

 

Mercedes Batista e Valter Ribeiro na gafieira Estudantina Musical, no Rio de Janeiro, em 1960

 

Grupo de clóvis flagrados no carnaval carioca de 1950

Piscina do Hotel Copacabana Palace, tendo ao fundo a Praia de Copacabana, em 1949

Vista da Praia do Arpoador com o Morro Dois Irmãos ao fundo, em 1952

O morro do Pão de Açúcar visto da Praia do Flamengo, em 1950

 

Crianças observam uma jangada no mar do Ceará

Um índio da tribo dos caiapós cubencranquen fotografado no Pará, em 1957

O pintor Gunther, na paisagem brasileira, observado por crianças

Acervo do Instituto Moreira Salles

Medeiros na redação de O Cruzeiro, nos anos 50

Biografia
Fotógrafo amador em Teresina, iniciou a carreira profissional no Rio de Janeiro em 1939, colaborando com as revistas Tabu1946 a 1962), onde inovou a linguagem fotográfica e firmou-se como um dos mestres do fotojornalismo brasileiro. Foi sócio fundador da agência fotográfica Image (1962 a 1965), com Flávio Damm e Yedo Mendonça. Em 1965 passou a se dedicar ao cinema: foi diretor de fotografia de diversos filmes, entre eles A Falecida (direção de Leon Hirszman, 1965), Xica da Silva (direção de Carlos Diegues, 1976), Aleluia, Gretchen (direção de Sylvio Back, 1976) e Memórias do Cárcere (direção de Nelson Pereira dos Santos, 1983). Dirigiu o filme Parceiros da Aventura (1979), pelo qual recebeu o Prêmio de Melhor Direção da RioArte, Rio de Janeiro (1979). Recebeu o Prêmio Melhor Fotografia pelo filme A Rainha Diaba no 7º Festival de Brasília (1975) e o Prêmio Coruja de Ouro Melhor Fotografia do Instituto Nacional de Cinema pelos filmes Xica da Silva e Aleluia, Gretchen (1976). Foi professor da Escola de Cinema de Santo Antonio de los Baños, Havana, Cuba (final dos anos 1980). e Rio. A convite de Jean Manzon trabalhou para a revista O Cruzeiro (
Mostras individuais
1986 – José Medeiros: 50 Anos de Fotografia, Funarte, Rio de Janeiro e Galeria Fotoptica, São Paulo
1997 – Itaú Cultural, São Paulo
Exposições coletivas
1992 – Rio de Janeiro: retratos da cidade 1840/1992, Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro
1992 – Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung, Kunsthaus, Zurique, Suíça
1995 – Fotografia Brasileira Contemporânea, Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro
1995 – Contatos e Confrontos: o índio e o branco, Museu da Imagem e do Som, São Paulo
1999 – Brasilianische Fotografie 1946 bis 1998, Kunstmuseum, Wolfsburg, Alemanha
2000 – De la Antropofagia a Brasilía: Brasil 1920-1950, Centre Julio Gonzáles, Valência, Espanha
2002 – Da Antropofagia a Brasília: Brasil 1920-1950, Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo
2003 – Negras Memórias, Memórias de Negros: o imaginário luso-afro-brasileiro e a herança da escravidão, Galeria de Arte do Sesi, São Paulo
Publicações
- José Medeiros: 50 Anos de Fotografia. Rio de Janeiro: Funarte, 1986.

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Rua Augusta - Emicida


Joe Satriani - Always with me, always with you


Jeff Beck - A Day in A Life


 

 

 

Thalyta Ribeiro de Oliveira Incrível seus projetos, tanto de fotografia, quanto com a galeria e as produções audiovisuais. Apenas continue!!
Contador de Visitas
Hoje: 864
Desde 15/05/2011: 6.004.536
você é a favor do impeachment de Bolsonaro? Vote.
n
sim