SiteJornalOlhodeAguia
Noticias
19/05/2014 10:10
Fotojornalista Raimundo Pacc? realiza II Expedi??o fotogr?fica ao Maraj? - 15 a 20 de julho.Foto:Eric Stoner

 ROTEIRO E VALORES DA EXPEDIÇÃO - 16 de julho até 20 de julho de 2014

No nosso roteiro estará incluso (cidades e suas particularidades) onde teremos contato com sua história, cultura local e ribeirinhos. Além dahistória e paisagem, teremos encontros diários com oficinas, roda de conversa com troca de experiências, estudos dirigidos, aprofundamento de conhecimentos e técnicas fotográficas na produção e pós-produção da imagem com suporte de monitores.
A expedição programada para os dias 16 de julho a 20 de julho, com saída de Belém na 1ª maré do dia 16 de julho e retorno no dia 20 de julho de 2014. (Para os expedicionários de fora de Belém é importante entrar em contato com a produção da expedição para checar os horários de saida e chegada da embarcação. Isso ajudará na compra da sua passagem aérea de ida e volta). 

Dia 15 de julho será a chegada dos expedicionários de outros estados e a noite teremos o primeiro encontro com todos os participanrtes para ajustes de detalhes finais em local a ser divulgado. Qualquer dúvida entrar em contato com a produção.

No 1º dia (16 de julho) sairemos com a Primeira Maré do dia. A partir da Baia do Guajará com destino a Soure, num trajeto que deverá demorar cerca de 5:30h. Passaremos pela costa da Cidade de Belém, atravessaremos a Baia de Santo Antônio e chegaremos a Baia do Marajó que nos levará ao nosso destino. No caminho teremos muitas fazendas alagadas, grande quantidade de criação de Búfalos e a exuberância da Floresta. 

Soure será nosso primeiro ponto de parada e pernoite. Aproveitaremos esse tempo e momento festivo de feriado para fotografar a cidade.

No 2º dia (17 de julho) Seguiremos a mais ou menos 9km do centro de Soure, para a praia do Pesqueiro que é uma das mais conhecidas praias da região. A paisagem muda completamente conforme as marés. Piscinas naturais, bancos de areia e uma faixa de areia branca com galhos e igarapés, onde a praia e a floresta se encontram compondo o cenário.

No 3º dia (18 de julho) iremos para Salvaterra conhecida como a Princesa do Marajó. 
Lá encontraremos Água Boa, uma praia escondida dentro de Salvaterra, e Joanes outra maravilha do municípo que fica a 17 km de Salvaterra. 

O 4º dia (19 de julho) será um dia de viagem para Cachoeira do Ararí onde poderemos, com o uso de embarcações menores chamadas de voadeiras, entrar nos pequenos igarapés e furos Amazônicos.

O 5º dia (20 de julho) será em Cachoeira do Ararí, cidade que surgiu no período colonial, com a chegada dos jesuítas a partir de 1700, quando se iniciou a colonização da região do Rio Ararí. O Município abriga o Museu do Marajó, fundado em 1972 pelo padre italiano naturalizado brasileiro Giovanni Gallo. Na cidade também viveu o escritor Dalcídio Jurandir, a qual homenageou com o livro Chove nos Campos de Cachoeira. Lá poderemos vivenciar o dia a dia dos moradores dessa região com todos os seus problemas e dificuldades do povo do Marajó.

A estadia da viagem será completa, com hospedagem confortável no barco, cardápio regional, e o passeio será concluído com um vídeo danossa experiência. 

Valores dos pacotes

No valor da expedição está incluso:

Trasnporte Hotel-Barco na saída e chegada;

Hospedagem no barco (Dormida em redes);
Três alimentações por dia. Cardápio regional

Café da Manhã, Almoço e Jantar;

Embarcações de apoio, "Voadeiras";

Atividades Diárias monitoradas;
Vídeo promocional com resumo da Expedição.

O custo dessa expedição será de R$ 2.000,00 por participante.
Lembrando seis dias maravilhosos juntos. - fotos - Christoph Diewald

 

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Rua Augusta - Emicida


Joe Satriani - Always with me, always with you


Jeff Beck - A Day in A Life


 

 

 

Thalyta Ribeiro de Oliveira Incrível seus projetos, tanto de fotografia, quanto com a galeria e as produções audiovisuais. Apenas continue!!
Contador de Visitas
Hoje: 661
Desde 15/05/2011: 6.112.842
você é a favor do impeachment de Bolsonaro? Vote.
n
sim