SiteJornalOlhodeAguia
Noticias
04/07/2011 19:35
Entrevista com V I D A L CAVALCANTE em Outubro - 2000 - Por Ivaldo Cavalcante.

Jornal Olho de Águia - Ano 01 - Brasília - Distrito Federal - Setembro/Outubro - 2000

MESA REDONDA

V I D A L

C A V A L C A N T E

Vidal Cavalcante

JOSÉ TUPINAMBÁ VIDAL CAVALCANTE
NASCIDO EM SOBRAL - CEARÁ, FILHO E NETO DE FOTÓGRAFO, INICIO SUA CARRERA AINDA QUANDO ADOLESCENTE COMO AJUDANTE DE SEU AVÔ NO STÚDIO BELLAS ARTES EM SOBRAL. FOTOGRAFANDO EVENTOS SOCIAIS, EM SEGUIDA, PASSOU DOIS ANOS EM AGENCIAS DE PUBLICIDADES EM FORTALEZA. INGRESSOU NO JORNALISMO EM 1980 DO "DIÁRIO DO NORDESTE". AINDA EM FORTALEZA TRABALHOU PARA O JORNAL "O POVO". EM I985, INGRESSOU NA "FOLHA DE S. PAULO" ONDE PERMANECEU DURANTE CINCO ANOS. DESDE DE 1990 ATÉ HOJE INTEGRA A EQUIPE DE REPÓRTERES-FOTOGRÁFICO DO JORNAL "O ESTADO DE S. PAULO" E COLABORA COM A "BR PRESS" AGÊNCIA DE NOTICIA. ENTRE OS VÁRIOS PRÊMIOS DE SUA CARREIRA DESTACAM-SE O PRÊMIO LUCIANO CARNEIRO DE FOTOJORNALISMO DOIS PRÊMIOS NIKON E "PARTICIPAÇÃO" EM DOIS PRÊMIOS ESSO.

 

 

1) Quantos anos você tem no Fotojornalismo? Quais são os futuros projetos? E quantos ensaios que estão engavetados?

a) Comecei a fotografar em 1974, ingressei no fotojornalismo em 1980.
b) Desenvolver um trabalho sobre religiosidade brasileira, projeto sobre populações indígenas próximas às grandes cidades, entre outros.
C) 8 aproximadamente

 

2) Ultimamente, a população protestou contra as principais autoridades da República. O fotógrafo Luciano Quirino do Jornal Diário de Sorocaba fotografou a primeira ovada na cabeça do ministro da Saúde, José Serra. Depois foi a vez do governador de São Paulo, Mário Covas, levar uma bandeirada que resultou em um galo na cabeça, registrada pelo fotógrafo Inácio Teixeira da CoperPhoto. O ministro Serra mais uma vez foi vítima de uma ovada em Belo Horizonte, que foi fotografada por Humberto Nicoline do Jornal Hoje em Dia. E, finalmente, em Brasília, fotografo do Correio Braziliense, Lidauro Gomes, registrou mais uma omeletada no ministro das Ciência e Tecnologia Ronaldo Sardenberg. Você não acha que nesse segundo mandato de FHC poderá ser uns dos melhores para o fotojornalismo brasileiro?
Sim, é um grande momento de protesto a política adotada pelo Governo Federal e estadual, mas as grandes imagens não se reduzem aos flagrantes de ovadas, vaias, empurrões à políticos, mas aos grandes protestos de massa da população cansada do descaso do governo em todos os setores.

 

3) Quais as atividades e as dificuldades da Arfoc SP?

Atividades - promover e difundir o trabalho dos profissionais de São Paulo, discutir a ética e o profissionalismo do nosso mercado, promover várias discussões na área técnica como foto digital e outras tecnologias. Dificuldades - falta de patrocínio, questões burocráticas com entidades que promovem eventos esportivos e mão-de-obra para desempenhar o melhor andamento da entidade.


4) Nas grades coberturas jornalísticas há uma grande "irmandade" por parte de alguns fotógrafos. Aqueles que perdem a chamada "dita foto" certamente irá encontrar um companheiro disposto a uma troca de negativos, revivendo a velha política franciscana do dando e que se recebe. Isso ocorre inclusive com concorrentes. Que você pensa sobre essa situação?


Antigamente, antes das chegadas das digitais, era comum nas grandes coberturas a famosa cordialidade de ceder um negativo ao companheiro quando ele não tinha foto, acho um gesto desnecessário quando você não poderia estar em dois lugares ao mesmo tempo, pois só favorecia a empresa a qual você estava prestando serviço. o melhor era você comprar a imagem ou ter dois repórteres fotográficos fazendo a cobertura, mesmo com a chegada da digital, essa prática permanece com a famosa "chupetinha"(quando as imagens são transferidos de um cartão para outro)

5) Quantos fotógrafos compõem a equipe do Estadão e quais os critérios de pautas e viagens?

A equipe do estadão é formada por 24 profissionais contratados, os critérios de viagem é decidido pela chefia.


6) Há jornais de diversos estados que ainda omitem o credito obrigatório. A maioria dos advogados dos sindicato dos jornalistas não são especializados em direitos autorais. Quais são os profissionais na grande São Paulo que militam nesse ramo do direitos?

No estado de São Paulo como em quase todo o brasil, é raro os profissionais que lidam com direito autoral, mas está sendo criado uma entidade arrecadadora de direito autoral encampada pelo sindicato dos jornalistas de são paulo onde será coordenada pelo repórter-fotográfico Luiz França e temos um especialista que é o repórter-fotográfico, Ari Vicentini, bacharelado em direito.


7) Tomas Dutra Schimt, o filho Bastardo do presidente da Republica, Fernando Henrique Cardoso, esta preste a completar nove anos no próximo dia 26 de setembro (informação extraída da Revista Caros Amigos). Você acha que a imprensa brasileira publicaria um boneco dele aqui no País?


Porque não, não vejo nada de mais pois é mais um dos milhares de casos que temos em nosso país.


8) O que você acha dos chats de fotografia na Internet ?


Acho legal, é possível conversar com pessoa de várias partes do planeta.


9) Qual a pauta que você gostaria de fazer e que ainda não vez?


Existem várias pautas, uma delas é cobrir uma copa do mundo, fotografar o Egito, as pirâmides, países de língua portuguesa.

 

 

 


e-mail: arfocsp@bol.com.br
Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Rua Augusta - Emicida


Joe Satriani - Always with me, always with you


Jeff Beck - A Day in A Life


 

 

 

Thalyta Ribeiro de Oliveira Incrível seus projetos, tanto de fotografia, quanto com a galeria e as produções audiovisuais. Apenas continue!!
Contador de Visitas
Hoje: 1.071
Desde 15/05/2011: 5.885.431
você é a favor do impeachment de Bolsonaro? Vote.
n
sim