SiteJornalOlhodeAguia
Not?cias
28/01/2013 10:18
Cultura local ganha nova pol?tica p?blica - Foto: Roberto Barroso

 DF adere ao Sistema Nacional de Cultura, e governador Agnelo Queiroz sanciona lei de incentivo fiscal para empresas patrocinadoras no setor

O clima pré-carnavalesco tomou conta do foyer do Teatro Nacional no início da tarde desta terça-feira (22). A comemoração de artistas locais marcou a consolidação de uma política pública voltada à área cultural: a adesão ao Sistema Nacional de Cultura (SNC) e a sanção da Lei de Incentivo à Cultura do DF. O governador Agnelo Queiroz e a ministra Marta Suplicy selaram acordo para ampliar as possibilidades de captação de recursos do GDF junto ao governo federal.


Com a adesão, o Distrito Federal assume o compromisso de estruturar o setor cultural. Esse órgão vai ajudar na articulação das políticas públicas e assegurar transparência aos fundos de culturas e outras formas de participação dos produtores e da comunidade. "É um esforço do nosso governo para receber mais recursos federais com menos burocracias diretamente do Ministério da Cultura", garantiu Agnelo Queiroz.

A ministra parabenizou a iniciativa. "Desde o primeiro momento desta gestão, o governador Agnelo Queiroz manifestou interesse em modelar as políticas culturais. Tudo isso é uma tentativa de consolidar a maior riqueza da diversidade do país", destacou Marta Suplicy.

Apoio – Já a Lei de Incentivo à Cultura, sancionada nesta terça-feira (22), concede a renúncia de até 3% ¬– em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e Imposto sobre Serviços (ISS) – às empresas que patrocinarem manifestações artísticas nas seguintes áreas: arquivos e acervos; rádio e televisão educativos e culturais (sem caráter comercial); patrimônio cultural; pesquisa, informação, documentação e qualificação em gestão; artesanato; e cultura digital, artes digitais e eletrônicas. "É um momento em que a capital do país se coloca à altura dos grandes centros", comemorou o governador. A expectativa do GDF é que, em 2014, mais de R$ 50 milhões sejam garantidos a projetos e editais.

O secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira, também ressaltou a importância desse momento. "Essas duas medidas fortalecem o processo de institucionalização das políticas públicas na área e a ampliação da capacidade de investimento na cultura na capital do Brasil."

Regulamentação – Agora, a Câmara Legislativa do DF tem até 90 dias para regulamentar a Lei de Incentivo à Cultura. Segundo o relator do projeto, o deputado Cláudio Abrantes, a lei concilia as questões cultural e fiscal. "O empresário que tem esse débito para recolher com o governo pode investir até 1% do ICMS ou ISS, ou seja, é um meio fiscal para um fim cultural", explicou o parlamentar. O percentual do abatimento não poderá ser superior a 80% do total do valor do projeto.

Assim que a lei for regulamentada, artistas e grupos locais podem apresentar seus projetos à Secretaria de Cultura. Somente os aprovados poderão pedir patrocínio às empresas cadastradas. "É mais um meio para a captação de verba. Antes tínhamos apenas o orçamento da pasta, o Fundo de Apoio à Cultura (FAC) e emendas parlamentares", esclareceu o subsecretário de Políticas e Promoções Culturais, Dorival Brandão. Segundo ele, a lei não anula o benefício do FAC, ou seja, o autor do projeto (proponente) pode garantir os dois recursos.

O lado artístico – Após anos de batalha e articulação, produtores e artistas conseguem vencer mais uma luta. O produtor Guilherme Reis enxerga o novo momento como uma oportunidade de aperfeiçoamento. "Com o aumento dos recursos, teremos eventos cada vez mais estruturados, que vão exigir profissionalismo e mão de obra qualificada", avaliou.

Carnaval - Durante a cerimônia, o governador Agnelo Queiroz entregou a chave da cidade ao Rei Momo, ao som da Bateria Nota Show, que representa a Liga das Escolas de Samba do DF, e do grupo de percussão Obará. Artistas de todos os segmentos estiveram presentes na celebração. Entre eles, o rapper GOG, o DJ A e grupo infantil Mambembrincantes, que cantou o hino Nacional.

 

Créditos: Lúria Rezende, da Agência Brasília

Também estiveram presentes no evento o secretário de Articulação do Ministério da Cultura, Bernardo Mata Machado; o presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure, e a procuradora-geral de Justiça do DF, Eunice Amorim Carvalhido.fonte:http://www.cultura.df.gov.br

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Motörhead "Heroes" (David Bowie Cover)

Motörhead to release Under Cöver in September 2017 Covers compilation to include new version of David Bowie’s “Heroes”, (above)
Bruce Springsteen, U2, Patti Smith - Because The Night RNR HOF 2009


Renato Teixeira - Tocando em Frente


 

 

 

GERALDO Magela parabens amigo Ivaldo pela sua luta e honestidade e carater valeu amigo
Contador de Visitas
Hoje: 573
Desde 15/05/2011: 4.975.944
Voc? e a favor que o Jardim Bot?nico de Bras?lia - JBB. cobre da popula??o pra tirar foto?
n
sim