Obras para invers?o do tr?fego avan?am em Taguatinga.Foto: D?nio Sim?es

Dos 6,2 quil?metros que ser?o asfaltados e alargados na pista de conflu?ncia da Avenida H?lio Prates com a Samdu Norte, 4,2 quil?metros est?o conclu?dos ?damo Araujo, da Ag?ncia Bras?lia

16/09/2015 12:11

-- Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Obras para inversão do tráfego avançam em Taguatinga
 

Com cerca de 4,2 quilômetros já asfaltados e alargados na pista de confluência da Avenida Hélio Prates com a Samdu Norte, as obras para a inversão no trânsito de Taguatinga completam 60 dias nesta quarta-feira (16). A previsão dos técnicos da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) é concluir, até 25 de outubro, os 6,2 quilômetros do serviço. O custo estimado da pavimentação é de R$ 4 milhões.

Equipes da Novacap trabalham no viaduto do centro de Taguatinga, na entrada da Samdu. No local, além das obras de pavimentação, ocorrem a remoção do canteiro central, a readequação da iluminação pública e a colocação da nova sinalização. O viaduto, que tinha duas faixas separadas pelo canteiro, ficará com sentido único, sem intervenções no meio.

Os próximos locais a sofrerem mudança são a alça de acesso ao centro, rumo à Samdu, próximo ao 2º Batalhão de Polícia Militar; e a via de entrada central de Taguatinga, abaixo do viaduto, que será alargada com mais uma faixa. "O projeto é tocado desde maio, dois meses antes do início das obras, e o governo ouve, constantemente, a comunidade e as lideranças da cidade", destaca o vice-governador, Renato Santana. Segundo a Vice-Governadoria, tão logo termine o recapeamento, começam as adaptações para a inversão.

Na programação da Novacap, ainda haverá, nos próximos dias, reparo nos meios-fios e adequação de bueiros nos 5,7 quilômetros da Avenida Comercial. A obra está na garantia de cinco anos prevista no contrato da construtora que executou o serviço no ano passado, portanto, caberá à empreiteira arcar com os custos dessa operação.

Mobilidade urbanaNa sexta-feira (11), os órgãos envolvidos reuniram-se para definir ajustes finais específicos de cada área.

A Secretaria de Mobilidade e o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) atuam em conjunto para definir as programações das linhas de ônibus e das paradas que serão realocadas. Motoristas de 106 linhas farão treinamento para se adequar ao novo fluxo. As equipes trabalham com a expectativa de público de 200 mil passageiros por dia e de 140 ônibus por hora.

Vale destacar que não haverá alterações na oferta de viagens nem será diminuída a frota atual. Agentes de transporte também se preparam para a nova programação — eles atuarão na orientação à comunidade.

O Departamento de Trânsito (Detran) instalará toda a sinalização, vertical e horizontal. O órgão já tem prontas 180 novas placas que serão acrescentadas ou substituídas, de acordo com o novo sentido das vias. Também já está concluída a programação de mudança de sentido de semáforos e placas. Servidores do departamento auxiliarão os condutores a partir da inversão no fluxo de veículos.

Pesquisa de opinião
A Vice-Governadoria entrevistou 3.612 pessoas, entre moradores e comerciantes de Taguatinga, durante o fim de junho e o início de julho, para saber qual era a visão da comunidade em relação à inversão do trânsito. De acordo com o questionário, 77% se mostraram favoráveis ao procedimento, 17% foram contrários e 6%, indiferentes.

A pesquisa revelou ainda que 85% dos entrevistados têm dúvidas em relação aos itinerários dos ônibus. Cerca de 70% acreditam que a transformação vai melhorar o trânsito, com menos engarrafamentos e redução no número de acidentes; e 35% apostam no aquecimento do comércio, influenciado pela fluidez do tráfego de veículos com o novo sistema.

Entre os entrevistados, 45% pediram reforço no policiamento, sobretudo nas áreas internas (entrequadras), por conta do aumento no trânsito de pedestres entre as vias.

Leia também:

Samdu ganha 2 quilômetros de asfalto novo

Governo visita obras em Samambaia e Taguatinga

Veja a galeria de fotos:

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

72419

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now