Mestre Z? do Pife e as Juvelinas lan?a projeto nas esta??es do metr?.Foto:Davi Mello.

24/10/2014 12:29

 Mestre Zé do Pife e as Juvelinas lança projeto nas estações do metrô 

Pife nos Trilhos integra shows do grupo e de expoentes da cultura popular de Brasília  
Consolidada na cultura popular, a banda Mestre Zé do Pife e as Juvelinas nasceu em Brasília, a partir das andanças de Francisco Gonçalo da Silva, Seu Zé do Pife, pelas ruas e ônibus da cidade. Mais de seis anos depois, o grupo retoma às origens e apresenta o projeto Pife nos Trilhos. Durante outubro e novembro, o ressoar do pife e da cultura nordestina irá ao encontro do público em estações do Metrô no Plano Piloto, Taguatinga, Ceilândia e Guará.   

Sempre às 17h, o projeto levará para as estações convidados especiais, que formarão com o público rodas de música, canto, brincadeiras populares, danças e declamações: Sivuquinha de Brasília, Dona Gracinha da Sanfona, a poetisa e cantora Lília Diniz e o poeta e repentista Sabiá Duqueza. Em cada estação, um típico cortejo das tradições populares para anunciar o início das apresentaçõs, que têm entrada franca e livre.   

Diálogo Nordestino  
O grupo Mestre Zé do Pife e as Juvelinas nasceu nas ruas e ali foi construindo sua história. Nas andanças de Seu Zé, nas passadas de chapéu, nos cortejos em feiras, praças e bares, as Juvelinas aprenderam a tradição das bandas de pife e recriaram danças e brincadeiras populares. Com o projeto Pife nos Trilhos, o grupo e seus convidados pretendem levar ao público genuínas expressões culturais de raiz nordestina, com o objetivo de quebrar a monotonia e possibilitar o resgate de identidades, já que o DF possui grande percentual de população nascida ou descendente da região Nordeste do Brasil.    

Mestre Zé do Pife e as Juvelinas 
Natural de São José do Egito (PE), Mestre Zé do Pife é tocador e fabricante de pife há 50 anos. É também compositor de versos e aboios de vaqueiros. Quando jovem, trabalhou como lavrador e na construção civil. Radicado em Brasília há mais de 20 anos, formou em 2007 a banda de pífanos Mestre Zé do Pife e as Juvelinas. Em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), Seu Zé ministra desde 2007 oficinas de pífano semestrais. Foi lá que começaram os encontros com as aprendizes e musicistas Juvelinas: Valéria Lehmann (pífano, rabeca e voz), Kika Brandão (pífano e voz), Maísa Amorim (pífano e voz), Naira Carneiro (pífano, sanfona e voz), Luciana Bergamaschi (triângulo e voz), Andressa Ferreira (caixa, violão e voz), Isa Flor (zabumba e voz) e Gutcha Ramil (pratos, violino e voz). Uma união excêntrica que articula tradição e contemporaneidade e acaba por fazer uma grande mistura de influências. Na estrada, já são dois CDs lançados: “Zé do Pife: de avô para neto” (2008) e “De Brasília a São José do Egito” (2010).   

Para saber mais e acompanhar o projeto: www.zedopifejuvelinas.com.brwww.facebook.com/zedopife e https://soundcloud.com/zedopifeeasjuvelinas.   


PROGRAMAÇÃO   

Sempre às 17h, com entrada franca e livre.  

29.10.14: Estação Central (Rodoviária do Plano Piloto) – Dona Gracinha da Sanfona  
03.11.14: Praça do Relógio (Taguatinga) – Sabiá Duqueza 
05.11.14: Ceilândia Centro – Lília Diniz 
11.11.14: Feira do Guará – Sivuquinha de Brasília



-- 

Keyane Dias  
61 8575.8500   |   8310.6920
Exibindo Seu_Ze_Juvelinas-Foto_Chico_Furtado.jpegExibindo Seu_Ze_Juvelinas-Foto_Alan_Shivas.jpeg

O barco que flui com o rio também tem remos...

 

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

44539

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now