SiteJornalOlhodeAguia
Cena Urbana
09/11/2019 13:40
discurso de Lula ao sair da PF de Curitiba.Foto:Ivaldo Cavalcante
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi solto nesta 6ª feira (8.nov.2019), depois de ficar 580 dias detido na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR). Saiu acompanhado por seus advogados, familiares, namorada e a presidente naci

 Eis a íntegra do discurso:

“Olha, faz muito tempo que eu não vejo uma multidão tão forte na minha frente. Olha, queridos companheiros e queridas companheiras, vocês não têm dimensão do significado de eu estar aqui junto com vocês. Eu, que a vida inteira estive conversando com o povo brasileiro, eu não pensei que no dia de hoje eu poderia estar aqui conversando com homens e mulheres que, durante 580 dias, gritaram ‘bom dia’, ‘boa tarde’, ‘boa noite’. Não importa que estivesse chovendo, que estivesse 40 ou zero grau. Todo santo dia, vocês eram o alimento da democracia que eu precisava para resistir à safadeza e à canalhice que o lado podre do Estado brasileiro fez comigo e com a sociedade brasileira. Que o lado, o lado podre da Polícia Federal, o lado podre do Ministério Público, da Receita Federal, trabalham e trabalharam para tentar criminalizar a esquerda, o PT, e o Lula. E eu não poderia ir embora daqui sem poder cumprimentar vocês.

[agradece nominalmente a integrantes do PT e MS]

Eu preciso agradecer ao meu querido companheiro, o meu advogado Cristiano Zanin; e a companheira Valesca, advogada, mulher do Zanin. Quero cumprimentar a minha querida Gleisi Hoffmann, presidente do Partido dos Trabalhadores. Quero cumprimentar o nosso quase presidente, se não fosse roubado, Fernando Haddad. Quero cumprimentar os advogados e também tesoureiros do PT, Emílio de Souza, futuro prefeito de Osasco. Quero cumprimentar o companheiro Lindberg, nosso ex-senador e, quem sabe, futuro não sei o quê.

Quero cumprimentar esses companheiros que vieram todo santo dia, 1 de tarde e outro de manhã, vieram me fazer visita, nosso companheiro Rocha e o Caetano. Além de advogados, eles viraram irmãos, porque eu precisei muito deles. Quero cumprimentar o companheiro Marcola, que é o companheiro que me subsidiava de material e de informação. A Nicoli, que fazia o meu Twitter. O Bolsonaro disse que tem mais de 20 pessoas que fazem o Twitter dele. Eu só tenho uma pessoa e ela tem cara e nome, que é a Nicoli.

 

 

Gente, eu quero agradecer e eu tenho muita gente para agradecer, meus companheiros do Psol, do PC do B, do PCO e o nosso companheiro Stuckert, o fotógrafo. Eu não sei se eu saberia viver sem ele, ou se era ele quem não sabia viver sem mim porque depois que ele parou de tirar foto minha ele caiu 1 pouco no Ibope aí.

Queria apresentar a minha filha Lurian. Apresentar o meu neto Tiago. Eu não posso apresentar os meus companheiros da segurança, mas o Moraes que é o chefe está aqui. Não é só o Bolsonaro que é capitão, o Moraes também é capitão. Eu tenho meu capitão. Que não se aposentou como tenente e virou capitão não. Esse aqui é capitão de verdade. Se 1 dia o Bolsonaro te encontrar, ele que tem que bater continência para você.

O gente, eu quero apresentar para vocês uma pessoa que já falei, mas nem todas vocês conheciam. Eu quero apresentar a minha futura companheira. Vocês sabem que eu consegui a proeza de, preso, arrumar uma namorada e ainda ela aceitar casar comigo. É muita coragem dela. [Lula beija a namorada depois de a plateia gritar “beija, beija…”]

Então, deixa eu dizer uma coisa para vocês. Na verdade, não ia nem falar aqui porque estou há 580 dias dentro de uma sala ouvindo vocês todo dia. Ouvindo as músicas de vocês. Aliás, quero dar os parabéns a quem teve a ideia de cantar, agora há pouco, ‘Massa Falida’. Foi uma música que eu, nos anos 1980, utilizava para parar trabalhador na porta de fábrica para fazer assembleia. Eu fiquei muito feliz quando eu ouvi alguém cantar “massa falida”. Eu imaginei que, quando eu saísse, eu iria poder encontrar cada companheiro da vigília e dar 1 grande abraço, 1 grande beijo, porque vocês não sabem o significado e a importância de vocês na minha vida. Vocês não têm noção do que vocês fizeram. Eu fiquei fortalecido, corajoso.

Quero que vocês saibam que, além de continuar lutando para melhorar a vida do povo brasileiro –que está uma desgraça– além de lutar para não permitir que esses caras entreguem o país, eu quero dizer em alto e bom som que o lado mentiroso da PF fez 1 inquérito contra mim. O lado mentiroso e canalha do Ministério Público e o [Sergio] Moro e mais o TRF-4, eles têm que saber: eles não prenderam 1 homem, eles tentaram matar uma ideia, e uma ideia não se mata. Uma ideia não desaparece.

Eu quero lutar para provar que se existe uma quadrilha e 1 bando de mafiosos no país e essa maracutaia que fizeram para tentar, liderados pela Rede Globo de televisão, criar a imagem de que o PT precisava ser criminalizado e o Lula era bandido. Vou dizer para vocês, se pegar o [Deltan] Dallagnol, o [Sergio] Moro, e alguns delegados que fizeram inquérito, enfiar 1 dentro do outro e bater no liquidificador, o que sobrar [deles] não é 10% da honestidade que represento neste país.

Eles têm que saber que caráter e dignidade não é coisa que a gente compra em shopping, não se compra em feira, nem no bar. Adquiri tudo que tenho da vida de uma mulher que nasceu analfabeta, que teve filho sem ir ao hospital, tudo com parteira, e que me ensinou a ter dignidade e morreu analfabeta. E é a dona Lindú que me faz falar para essa gente que tentou me condenar: eu saio daqui sem ódio. Aos 74 anos, o meu coração só tem espaço para o amor, porque o amor vai vencer neste país, não é o ódio que vai vencer. Mas eles têm que saber que o nordestino que nasceu em Garanhuns (PE), que veio a comer pão aos 7 anos de idade, que passou fome e veio para São Paulo e não morreu de fome, não tem nada que me vença.

Eu quero dizer para vocês que eu estou indo para São Paulo. Amanhã tem encontro no Sindicato dos Metalúrgicos e, depois, as portas do Brasil estarão abertas para que eu volte a percorrer esse país e discutir com o nosso povo uma saída. Ontem eu vi na televisão, eu vi os dados do IBGE. Depois que eu fui preso, depois que eles roubaram do Haddad, o Brasil não melhorou. O Brasil piorou, o povo está desempregado, o povo está trabalhando de Uber, de bicicleta para entregar comida. Vi a notícia que não vai ter aumento de salário mínimo nos próximos 2 anos.

E depois de o Brasil ter 1 ministro da Educação da qualidade do Haddad, eles colocaram 1 ministro da grossura desse ministro que tenta destruir a nossa universidade.Quero que vocês saibam que eu saio com o maior sentimento de agradecimento que 1 ser humano pode ter por outro, é o que eu tenho por vocês. Eu não tenho mágoa dos policiais federais, eu não tenho mágoa dos carcereiros, eu não tenho mágoa de ninguém. Tenho é vontade de provar que esse país pode ser muito melhor se ele tiver 1 presidente que não minta tanto no Twitter quanto o Bolsonaro. Obrigado por tudo, de coração! Serei eternamente grato a vocês e fiel à luta de vocês! Que Deus abençoe cada homem e cada mulher! Obrigado pelo grito ‘Lula livre’.”https://youtu.be/0l1AW_HUbRo

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Motörhead "Heroes" (David Bowie Cover)

Motörhead to release Under Cöver in September 2017 Covers compilation to include new version of David Bowie’s “Heroes”, (above)
Bruce Springsteen, U2, Patti Smith - Because The Night RNR HOF 2009


Renato Teixeira - Tocando em Frente


 

 

 

GERALDO Magela parabens amigo Ivaldo pela sua luta e honestidade e carater valeu amigo
Contador de Visitas
Hoje: 188
Desde 15/05/2011: 5.466.429
Voc? e a favor que o Jardim Bot?nico de Bras?lia - JBB. cobre da popula??o pra tirar foto?
n
sim