SiteJornalOlhodeAguia
Noticias
14/04/2019 19:09
Cine Clube Praça do Relógio. Apresenta: FEBRE DO RATO do Diretor Cláudio Assis.Local:Galeria Olho de Águia.Terça- Feira dia 16/04 a partir das 21:00 horas CNF1, Ed. Praiamar, Bl. D, loja 12, Taguatinga ENTRADA FRANCA!
Fonte:http://www.adorocinema.com

CRÍTICAS ADOROCINEMA 

Febre do rato é uma expressão típica do Nordeste, que significa estar fora de controle. Metáfora apenas aparente para Zizo, personagem principal de Febre do Rato, o filme. Poeta por vocação, ele dedica a vida à publicação de seu jornaleco, cujo nome é o mesmo do título. O objetivo é expor suas ideias, repletas de propostas anárquicas que valorizam o livre arbítrio das pessoas, sem se prender às amarras morais impostas pela vida civilizada. Quem não conhece o mundo de Zizo pode imaginar que ele esteja com a febre do rato, ou seja, fora de controle. Só que a verdade é justamente o oposto.

A imersão por este mundo livre, leve e solto ao qual Zizo pertence é a grande proposta apresentada pelo diretor Cláudio Assis em seu novo filme. Uma viagem feita não apenas de palavras, explorando os versos e brados proferidos pelo protagonista, mas especialmente através de costumes e imagens. Fiel à máxima de que o ser humano é sexo, já explorada tanto em Amarelo Manga quanto em Baixio das Bestas, Assis não poupa o espectador de cenas do tipo. Praticamente todos os atores têm cenas de nudez, várias delas frontais e algumas que chegam a incomodar. É este o grande objetivo do diretor: retirar do sexo qualquer tipo de nobreza, tornando-o mero instinto a ser saciado. Assim vive Zizo e boa parte dos seus amigos, com uma liberdade que vai do próprio corpo aos relacionamentos que mantém. Para os demais, anárquico. Para ele, absolutamente normal.

O mundo de Zizo começa a ruir quando conhece Eneida. Não por ser amor à primeira vista, termo romântico demais para o universo de Cláudio Assis, mas por ter um tesão imediato assim que a vê. Eneida, entretanto, o provoca. Apesar de interessada no poeta, o recusa. Cria um jogo onde vê-lo castrado é o que mais lhe excita. Ele, por sua vez, fica cada vez mais vidrado pelo desprezo afetivo dela. É neste ponto que Febre do Rato se diferencia dos demais filmes do diretor, por abordar a questão do gozo impedido e suas consequências, tanto pelo lado do instinto quanto de impacto sobre a mente.

Além do ambiente de certa forma hipnótico – para quem aceita a liberalidade do corpo, é importante frisar -, Febre do Rato tem como grande trunfo a belíssima fotografia em preto e branco de Walter Carvalho. Seja através de panorâmicas da cidade de Recife ou nas imagens aéreas, mostrando os movimentos dos personagens sob um ângulo pouco usual, ela tem um importante papel nesta história que conta com personagens que vivem fora da sociedade convencional. Destaque também para a enorme atuação de Irandhir Santos, mergulhado na pele de Zizo, e o corajoso trabalho de Nanda Costa, intérprete de Eneida, pela exposição provocada pela personagem.

Febre do Rato é um bom filme que traz em seu DNA a linguagem cinematográfica, no sentido da construção de um universo particular. Peca pela gratuidade de certas cenas, na intenção de chocar o espectador, sem ter uma função na trama além de compor a ambientação entre os personagens. Entretanto, quem conhece o cinema de Cláudio Assis não irá se surpreender. Goste-se ou não dele e de suas teorias, é inegável que de cinema ele conhece bem.http://www.adorocinema.com/filmes/filme-202614/trailer-19334508/

Febre do Rato

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Motörhead "Heroes" (David Bowie Cover)

Motörhead to release Under Cöver in September 2017 Covers compilation to include new version of David Bowie’s “Heroes”, (above)
Bruce Springsteen, U2, Patti Smith - Because The Night RNR HOF 2009


Renato Teixeira - Tocando em Frente


 

 

 

GERALDO Magela parabens amigo Ivaldo pela sua luta e honestidade e carater valeu amigo
Contador de Visitas
Hoje: 112
Desde 15/05/2011: 5.287.137
Voc? e a favor que o Jardim Bot?nico de Bras?lia - JBB. cobre da popula??o pra tirar foto?
n
sim