SiteJornalOlhodeAguia
Noticias
18/04/2018 16:54
Dicas de como Vender Mais Fotos Online em Banco de Imagens

 

Conteúdo


Introdução

Após alguns anos vendendo fotografias stock na Internet, adquirimos um conhecimento detalhado sobre o tópico. Gostaríamos de dividir um pouco do que aprendemos com aqueles que estão começando a explorar a possibilidade e querem aprender como vender fotografias online através de agências stock, em banco de imagens.

Neste artigo, focamos em dicas e listamos diversos recursos (links e documentos) interessantes para quem quer entrar no mercado stock e vender mais fotos com facilidade para uso online, em revistas, campanhas comerciais etc.

Para descobrir quais são as fotografias stock que mais vendem precisamos primeiramente entender o que os compradores estão buscando.


Fotografias stock mais buscadas online para compra

Para entender a demanda do mercado e quais fotografias estão sendo mais solicitadas, podemos olhar as dicas dadas pelas próprias agências de stock em seus sites. As agências estão em contato direto com diversos clientes e, com seus mecanismos de busca, conseguem extrair dados automáticos de palavras-chave que os compradores vêm procurando com frequência.


5 sites mostrando tendências para vender mais na Internet

1. Shutterstock listou as suas tendências para 2017 aqui: https://www.shutterstock.com/blog/trends/2017-creative-trends

2. iStock / Getty Images costuma listar os seus briefings criativos abertamente em sua página do facebook, neste link: https://www.facebook.com/groups/istockersbrasil/

3. Fotolia tem suas tendências listadas online no seguinte site: https://blog.fotolia.com/br/

4. Alamy estuda e lista o que os compradores vêm buscando em seu site. Enquanto o link a seguir demonstra as maiores buscas de 2016, ele tem muitas dicas que vão além e são úteis para o futuro: http://www.alamy.com/blog/what-alamy-customers-searched-for-in-2016

5. Dreamstime mostra os termos mais buscados e alguns recursos criativos neste link: https://www.dreamstime.com/newsletter-trends


Outras agências mais tradicionais, como a Magnum, por exemplo, não costumam divulgar suas tendências abertamente na Internet.

É interessante ressaltar que nem sempre o que é uma tendência para uma agência stock também é importante para outra. É como se cada agência stock criasse o seu próprio nicho de mercado. E as tendências de cada uma, ao passo que têm algumas similaridades, continuam majoritariamente diferentes. Um exemplo é a Alamy, que atende a um grande público comprador do Reino Unido, e sua lista (citada acima) tem Londres como a cidade mais buscada, e entre as pessoas mais procuradas em seu site está a Rainha da Inglaterra.

Para mais inspiração e definir o que fotografar para venda em banco de imagem, uma outra opção é folhear revistas, jornais e outros meios de comunicação impressos – muitas das fotos que você vê ilustrando artigos e propagandas são provenientes de agências stock.


Exemplos de algumas das nossas fotografias stock mais vendidas.FONTE:http://www.cameraneon.com

Nesta sessão destacamos 3 das nossas fotografias que tiveram mais cópias licenciadas até hoje e explicamos o motivo do seu sucesso na Internet perante as suas concorrentes.

Quando falamos de concorrentes, temos que pensar que um comprador que esteja atrás de uma fotografia stock, durante a sua busca, vai encontrar centenas de imagens relevantes online. E pode ser que a sua imagem nem apareça na primeira página do resultado da busca que o comprador fez, apenas por conta das palavras-chave utilizadas.

A lição é que o thumbnail (miniatura) da sua foto precisa se destacar e ser relevante à busca. Para a miniatura ser impactante, ela precisa ter uma ótima composição fotográfica, ser limpa (sem perturbação no plano de fundo), com um motivo muito claro. Suas cores e formas devem ser atraentes.

Neste ponto, te encorajamos a entrar nos nossos artigos de composição fotográfica e regra dos terços.

Foto 1 – Mulher grávida fazendo yoga

Nesta imagem, encontramos alguns nichos diferentes, que, quando unidos, passam uma mensagem forte para o comprador.

A tonalidade também ajuda esta foto a se destacar. O tom rosado chama a atenção com facilidade frente às miniaturas de suas muitas concorrentes online.

O motivo claro e um plano de fundo limpo (não conturbado) são importantes, mas não é apenas o que vemos que faz esta foto vender bem: é o que sentimos. Pense em conceitos: esta fotografia vende bem as ideias de paz interior, equilíbrio, contato com a natureza, empoderamento da mulher, gravidez saudável, autoconsciência etc.

Esta fotografia, portanto, vai muito além de uma mulher grávida fazendo yoga, ela transmite muito bem conceitos em voga na atualidade e buscados na Internet. Estes conceitos precisam ser replicados nas palavras-chave também.

Este exemplo serve para ilustrar que fotos com pessoas que tenham autorização de modelo assinada vendem melhor do que aquelas sem autorização.

Foto 2 – Panorama urbano de Chicago

Esta fotografia se destaca de muitas outras por conta da sua composição limpa – perceba como os prédios estão em foco perfeito, enquanto a água do lago está como se fosse um espelho, e as nuvens se movimentam. Para alguns, estes detalhes passam despercebidos. Quem compra, muitas vezes, nem atenta para o motivo exato de ter escolhido esta fotografia, mas nós temos certeza que foi por causa do seu período de longa exposição utilizando um filtro de densidade neutra + tripé.

Além disso, esta fotografia foi tirada em um horário em que as cores do céu, mais saturadas, beneficiaram a exposição.

Se esta fotografia tivesse sido tirada em exposição rápida (normal), a água estaria remexida, adicionando muita distração e tirando o foco dos prédios. Além disso, as nuvens apareceriam estáticas, enquanto que na exposição mais longa, as linhas que elas formam levam ainda mais atenção para os prédios (o foco principal da composição).



Foto 3 – Downtown Port of Spain, Trinidad & Tobago

Esta fotografia vende relativamente bem, pois ilustra a cidade de Port of Spain de um ponto de vista mais elevado, que poucas outras conseguiram ter. Ela tem boas vendas por causa da sua raridade e nitidez:

Trinidad & Tobago tem apenas 1.3 milhões de pessoas, mas são poucas que vendem imagens de suas próprias ilhas em bancos de imagem online, via agências stock. A menor ilha, Tobago, atrai muitos turistas por suas belezas naturais, e dentre eles muitos fotógrafos de viagem. Bem diferente é Trinidad, a ilha principal: ela é industrializada, atraindo muitos viajantes a negócios, e nem tantos fotógrafos assim. Por isso, esta foto do centro financeiro de Trinidad, mostrando o porto, ilustra bem o foco desta ilha – business – e não tem tanta concorrência na Internet.


É importante ressaltar que as três fotos anteriores estão disponíveis para venda no modelo comercial, royalty free. Isto é um diferencial, pois a possibilidade de uso comercial é menos uma restrição que o comprador tem.

Dentre as três fotos, apenas a primeira precisou de uma autorização de modelo (Model release), enquanto as outras, por não focarem em uma única propriedade ou pessoa, podem ser vendidas sem autorização de modelo ou propriedade.

Uma similaridade entre as três fotos é que todas elas passaram por tratamento em pós-processamento. O pós-processamento foi feito para aumentar a qualidade técnica das fotos, deixando-as com, por exemplo, cores mais vivas, ou tom preferencial, maior claridade, menor distorção radial, sem aberrações cromáticas, vinhetas tratadas etc. Para mais informações nestes tópicos, explore a nossa página de técnicas fotográficas.


Fotografias stock tiradas com celular vendem na Internet?

Sim, fotografias stock tiradas com o celular podem vender muito bem online. Não ter uma câmera DSLR ou Mirrorless não significa estar impossibilitado de vender suas fotos em bancos de imagem via agências stock. Muitos editores compram imagens stock em resolução relativamente baixa para inclusão em artigos. Para eles, uma imagem de 8MP ou 36MP não faria a mínima diferença, pois serão impressas para revistas, livros ou jornais, em tamanho bem menor do que de uma folha A4, ou serão exibidas em artigos online.

Obviamente, se o comprador achar uma imagem de qualidade técnica melhor (melhor composição fotográfica por exemplo, menos ruído) do que aquela tirada com um celular vendendo pelo mesmo valor, é mais provável que ele opte pela fotografia de maior qualidade técnica.

Mas se o objeto de sua fotografia for único, maior será a probabilidade da imagem (mesmo que seja tirada de celular) vender bem, pois ela terá menos imagens concorrentes.

O exemplo abaixo é de uma fotografia que foi tirada pelo celular e licenciada para uso algumas dezenas de vezes. Como se pode notar, esta imagem mostra a Baía de Guanabara no Rio de Janeiro poluída, que foi alvo de muitas reportagens no período antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.

A época das Olimpíadas passou e o Rio não é mais tão foco de reportagens internacionais quanto antes – por isto, nos dias de hoje esta fotografia tem poucas vendas. Ao menos serviu de bom exemplo e prova concreta de que fotografias tiradas com celular vendem e podem vender mais do que fotografias tiradas com câmeras DSLR.


Momento de venda – Momento de compra de fotos stock

O exemplo anterior levanta o tema “oportunidade”. Algumas fotografias vendem melhor do que outras pelo simples fato de servirem para ilustrar bem um grande evento ou acontecimento, mesmo que passageiro.

Vamos a outro exemplo concreto para melhorar o entendimento do que afirmamos. A fotografia a seguir foi postada em banco de imagem e vendida diversas vezes no período logo antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016. Esta foto de ciclistas em uma prova de velocidade num circuito de rua foi tirada em 2012, durante as Olimpíadas de Londres e provavelmente utilizada em revistas, jornais, meios digitais etc.

Em análise breve, é fácil constatar que esta imagem muito provavelmente vai vender muito bem antes das próximas Olimpíadas novamente, com boa saída de 4 em 4 anos. Já no período entre eventos, não deve vender muito.

Eventos anuais também são exemplos de oportunidades boas para fotografar. Pense em fotografar imagens que sirvam de ilustração para festas populares, como Carnaval e Festa Junina, festas religiosas, como Natal e Páscoa, datas comemorativas, como Dia dos Pais, das Mães, das Crianças… No período anterior a essas datas, a indústria e o comércio buscam alavancar suas vendas e procuram online por imagens bem representativas para suas propagandas e anúncios.

→ Para mais datas, visite: Calendário de Datas Comemorativas

A oportunidade do melhor momento de venda/ momento de compra é refletida também pelas agências stock. Fique atento toda vez que elas lançam algum novo desafio/tendência com intuito de aumentar seus bancos de imagens. Isto serve para dar foco aos seus contribuidores.


Vender fotos – Comercial ou editorial?

A experiência também nos mostra que imagens que possam ser licenciadas pra uso comercial têm maiores oportunidades de serem vendidas online do que aquelas que só podem ser utilizadas para fins editoriais (geralmente com aplicação limitada a revistas, jornais e livros).

Mas isto não significa que só devemos focar em imagens comerciais. Vale a pena também ter imagens editoriais no portfólio do banco de imagens online, pois elas ajudam a complementar as vendas – apesar de não serem as mais vendidas na nossa lista, elas ainda podem ser uma boa fonte de renda (veja o exemplo da fotografia dos ciclistas mencionado anteriormente, que é uma foto editorial).

Vale lembrar que, para fotos comerciais, dependendo do que aparece na sua foto e aonde ela foi tirada, uma ou mais autorizações de modelo (model relelease) e/ou autorização de propriedade (property release) podem ser necessárias.


Palavras-chave – Keywords – Tags em banco de imagem

A tradução de keyword para português é “palavra-chave”. Algumas pessoas e agências também podem utilizar a palavra “tag” com o mesmo intuito.

Palavras-chave são metadados essenciais para a busca de fotografias online. Os mecanismos de busca ainda não são inteligentes o suficiente para identificar com precisão o que está aparecendo em uma fotografia. Por isso, os metadados das fotografias no banco de dados da agência stock são cruciais para que as suas fotos sejam encontradas.

Leia mais sobre o assunto em nosso artigo completo: Palavras-chave – Keywords

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Motörhead "Heroes" (David Bowie Cover)

Motörhead to release Under Cöver in September 2017 Covers compilation to include new version of David Bowie’s “Heroes”, (above)
Bruce Springsteen, U2, Patti Smith - Because The Night RNR HOF 2009


Renato Teixeira - Tocando em Frente


 

 

 

GERALDO Magela parabens amigo Ivaldo pela sua luta e honestidade e carater valeu amigo
Contador de Visitas
Hoje: 70
Desde 15/05/2011: 4.949.723
Voc? e a favor que o Jardim Bot?nico de Bras?lia - JBB. cobre da popula??o pra tirar foto?
n
sim