SiteJornalOlhodeAguia
Noticias
09/06/2014 18:38
Fotojornalista Beto Barata lan?a livro e exposi??o ?Vamos jogar bola!?, no Museu da Rep?blica, em Bras?lia.De 12 junho a 15 de julho, o Museu Nacional da Rep?blica

 Mostra fotográfica de Beto Barata apresenta o universo das peladas de futebol nos gramados, ruas, terrenos baldios e quadras de esporte da capital federal

 

De 12 junho a 15 de julho, o Museu Nacional da República recebe a mostra fotográfica “Vamos jogar bola!”, de Beto Barata. As 43 imagens em preto e branco que compõem a exposição apresentam ao público uma Brasília diferente daquela conhecida mundialmente por sua modernidade arquitetônica e nacionalmente como o centro das decisões e da burocracia governamental. O fotógrafo retratou uma cidade onde a paixão pelo futebol pulsa nos campos de várzea, nas entrequadras, nos gramados da Esplanada dos Ministérios, no campinho de chão batido que levanta a poeira vermelha toda vez que os peladeiros disputam uma bola. Junto com a abertura da mostra, será lançado o livro homônimo com textos de Eraldo Peres, Clara Arreguy e Beto Barata. A mostra “Vamos jogar bola!” pode ser vista de terça a domingo, das 9h às 18h30. A entrada é gratuita e livre para todos os públicos.

 

O projeto “Vamos jogar bola!” começou a ser gestado em 2011, conta por meio da fotografia a paixão do brasiliense pelo futebol. “Aqui não se escolhe hora nem lugar pra bater uma bolinha com os amigos da rua, da escola ou do trabalho”, afirma o autor. Da riqueza e do volume de imagens capturadas nas peladas resultou o livro “Vamos jogar bola!”.   Com 120 páginas, o livro traz 110 fotos em preto e branco e textos de Clara Arreguy, Eraldo Peres e do autor, Beto Barata em versão bilíngue – inglês/português.  Tanto a mostra como o livro têm o patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura do Governo do Distrito Federal (FAC) e do Ministério da Cultura.

 

Beto Barata, que ao longo de três anos circulou por todo o Plano Piloto e pelas cidades satélites para registrar os lances, alguns de craques, outros nem tanto, mas todos de puro deleite para os jogadores. Além das imagens, Barata recolheu frases que compõem o universo das peladas. “Assim como na minha infância, quando passava o dia jogando bola na rua, hoje os moleques fazem o mesmo, as conversão são as mesmas, as provocações também. Vez por outra ouvimos um: Deus me livre esse menino!; Se triscar em tu essa bola, vai furar a redeQuem é o 10 do Real Madrid?Quem?. Disso tudo, só o Real Madrid é novo”, arremata.

 

O curador da mostra, o também fotógrafo Eraldo Peres, ressalta que o registro dessas peladas entra definitivamente para a memória coletiva da capital federal.  Para Eraldo, a mostra e o livro “Vamos jogar bola!” são registros lúdicos em preto e branco que apresentam uma cidade que em pouco mais de cinquenta anos mostra todo seu vigor e diversidade em torno desse esporte, considerado paixão nacional.

Para a jornalista Clara Arreguy , que assina um dos textos do livro, o futebol produz craques anônimos todos os dias, em todas as esquinas. O jeitinho brasileiro está presente de forma positiva ao improvisar o campo, as traves e, até mesmo a bola: “Não tem campo? Vale areia, cimento, asfalto, terra, pasto. Não tem bola? Vale bola de meia, papel de jornal embolado e embrulhado em fita adesiva. Não tem trave? Vale pau, pedra, lata, garrafa, tênis. Não tem risca de cal, vale até a linha imaginária... os espaços do sonho de quem quiser sonhar.”

 

“Este trabalho é um resgate de uma memória afetiva pessoal e, acredito, de todos os que cresceram em Brasília e que costumavam chamar os amigos pra jogar bola na rua ou no gramado da quadra”, completa Beto Barata. 

 

Beto Barata

 

Há 18 anos atuando como repórter fotográfico em agências e veículos nacionais e internacionais, Beto Barata desenvolveu uma carreira reconhecida e premiada. “Vamos jogar bola!" é o segundo  projeto especial do fotógrafo. O primeiro, o livro e a exposição  "Brasília Submersa", foi lançado em 2010,  em homenagem aos 50 anos da capital federal. Nele, Barata mostra Brasília partir de uma perspectiva diferente: debaixo das águas do Lago Paranoá. Isso porque, além de fotojornalista, Beto Barata é ainda mergulhador, especializado em fotografia subaquática, um aventureiro das imagens. ­­­

 

Assista ao vídeo do making of de “Vamos jogar bola!”

 http://www.youtube.com/watch?v=MS2HXHhQVMw

 

 

 

Serviço

“Vamos jogar bola!”

Mostra fotográfica de Beto Barata

43 fotografias em preto e branco

Impressão fine art - pigmento mineral sobre papel de algodão

Curadoria: Eraldo Peres

Local: Museu Nacional - Complexo Cultural da República

Data: de 12 de junho a 15 de julho 

Visitação: de terça a domingo, das 9h às 18h30

Entrada: gratuita e livre para todos os públicos

Telefones: 61 3325-5220 e 3325-6410

 

Lançamento do livro

“Vamos jogar bola!”

De Beto Barata

Textos de Eraldo Peres, Clara Arreguy

120 páginas

110 fotos em preto e branco

Preço: R$70,00

À venda no local

 

Contato para imprensa em Brasília

Luiz Alberto Osório

Agenda KB Comunicação

e-mail: luiz.alberto@agendakb.com.br

Telefone: 61 3344-0143 e 8116-4833

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Rua Augusta - Emicida


Joe Satriani - Always with me, always with you


Jeff Beck - A Day in A Life


 

 

 

Thalyta Ribeiro de Oliveira Incrível seus projetos, tanto de fotografia, quanto com a galeria e as produções audiovisuais. Apenas continue!!
Contador de Visitas
Hoje: 1.736
Desde 15/05/2011: 5.723.820
você é a favor do impeachment de Bolsonaro? Vote.
n
sim